Em entrevista para a revista Total Film no set de gravações de Free Fire, Brie Larson falou brevemente sobre seus grandes filmes que estão a caminho: “Kong: A Ilha da Caveira” que estreia no próximo mês; e Captain Marvel, que ainda está em pré-produção. Leia abaixo:

Você já havia visto algum dos filmes do Ben Wheatley antes de entrar no elenco de Free Fire?
Eu tinha assistido a “Turistas”. Foi o único que achei, no começo, e eu recomendava pra todo mundo, dizendo, “É incrível!”. Aí vi os outros filmes. Ele é tão inteligente.

Como é trabalhar num set de filmagem Inglês?
A única coisa que falta são os lanches. Temos um caminhão de lanches nos EUA. No primeiro dia, um dos funcionários perguntou se podiam me dar alguma coisa e eu disse (bem animada), “É, posso pegar umas castanhas e frutas?” Eles ficaram de queixo caído. Na época, achei que eles estavam pensando, “Nossa, que ótima combinação!”. Mas eles ficaram correndo por uma hora e meia e depois voltaram dizendo, “É, a gente não tem isso.” Eu me senti uma diva.

Você tá usando uma ótima roupa nesse filme…
Os anos 1970 eram bem complicados e estilosos da maneira deles. Tem tanta coisa acontecendo, tanto excesso. A regata dificilmente combina isso (ela pega na blusa), com isso (ela pega no blazer)… Eu imagino se ela está disposta a colocar tudo em jogo pra roubar uma quantidade escassa de dinheiro, ela provavelmente não tem muito dinheiro, e ela gastou o resto que tinha nessa roupa para parecer apresentável. Que é aquela única coisa no guarda-roupa dela que a faz parecer rica… E não tão rica assim!

Você tem alguns grandes filmes a caminho – Kong: A Ilha da Caveira e Capitã Marvel…
Alguns dos meus filmes favoritos são grandes filmes. Eu poderia assistir ao corte de diretor da saga inteira de “O Senhor dos Anéis” direto pelo resto da minha vida. Quero encontrar a melhor maneira de expressar a condição humana e atingir a maior quantidade possível de pessoas. Onde quer que isso me leve está bom.

Você sente uma responsabilidade sendo a primeira heroína da Marvel a liderar um filme?
Sinto uma grande responsabilidade. Tenho várias conversas com os fãs sobre o universo e essa personagem em particular. Sou grata à mídia social por isso, na verdade – é uma ótima maneira de me conectar com as pessoas, entender o que é que eles amam nessa personagem, o que eles esperam ver. Onde essa personagem se encontra nos quadrinhos é um lugar inspirador, agora. Sou muito grata de fazer parte disso.