Avengers: Guerra Infinita não deixou seus heróis em uma boa posição. Graças ao Infinity Gauntlet (Desafio Infinito) e a um certo grandalhão vilão roxo, metade da população do universo se dissolveu em pó e a outra metade que sobrou terá que limpar a bagunça.

É um momento devastador que derreteu 10 anos do Universo Marvel, mas ainda há uma pequena esperança: Na cena pós-créditos, em Guerra Infinita, Nick Fury (Samuel L. Jackson) consegue enviar uma mensagem por um pager de aparência antiga antes de ele, também, desaparecer. O público nunca viu o destinatário da mensagem, mas o símbolo que pisca na tela não deixa dúvidas para quem foi destinada a mensagem: Captain Marvel.

Carol Danvers, interpretada por Brie Larson, fará sua estréia de Captain Marvel dos anos 90 (estréia nos cinemas em 8 de março de 2019), mas depois disso, ela está pronta para dar uma ajuda em Vingadores 4 (ainda sem titulo oficial) e parece que os outros heróis da MCU vão precisar de toda ajuda que conseguirem

“Ela é mais poderosa do que qualquer personagem que apresentamos até agora, então só isso já diz que há uma boa razão para Nick ter acionado aquele botão no final do filme, quando ele percebeu que eles estavam enfrentando algo muito maior do que eles já haviam enfrentado antes. E ter ela ao do seu lado é uma esperança que mudará o equilíbrio de poderes de uma forma que eles estão precisando desesperadamente”, disse o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, à EW.

Então, como Carol e Nick se conheceram? A Captain Marvel responderá essa pergunta contando o primeiro encontro do dois em meados da década de 90. Neste ponto, Nick é apenas um simples secretário da S.H.I.E.L.D, que nunca teve qualquer experiência com ameaças extraterrestres (e ele também ainda tinha seus dois olhos). Ao conhecer Carol, a metade-Kree e metade-humana, é a primeira vez que ele tem a ideia de que existem pessoas com poderes extraordinários – e elas podem ser úteis.

“Este é um momento de mudança de mentalidade e de atitude para ele, que o leva a se tornar a pessoa que conhecemos hoje. Agora ele entende que existem outras coisas por aí. Ele entende que eles não são todos inimigos e nós precisamos encontrar aliados que tenham esses tipos específicos de habilidades que humanos não tem. E também tentar convencer seus superiores é uma tarefa difícil porque elas não viram ou experimentaram isso”, diz Samuel L. Jackson.

O filme da Captain Marvel é muito mais sobre a história autônoma de Carol mas também a coloca para ocupar um lugar fundamental na MCU. À medida que a primeira década dos filmes MCU chega ao fim, é esperado que vários heróis já estabelecidos, como o Capitão América (Chris Evans), se afaste mais da franquia deixando heróis como a Captain Marvel ou Pantera Negra para assumir o destaque.

E se o final da ‘Guerra Infinita’ é um sinal, Carol está pronta para atender ao chamado.

Fonte: EW