Nesta quarta-feira, a revista Entertainment Weekly divulgou as primeiras imagens do filme Capitã Marvel, que estreia de março de 2019, contando a história da primeira heroína a ter um filme solo na Marvel, e a heroína mais poderosa do MCU.

DmV5reGXoAAjtTw.JPG 001.jpg 005.jpg 004.jpg

MAGAZINE SCANS & CLIPPINGS > 2018 > ENTERTAINMENT WEEKLY (SEPTEMBER)
FILMOGRAPHY: MOVIES PRODUCTIONS > CAPTAIN MARVEL (2019) > PRODUCTION STILLS

Há uma nova estrela brilhante no Universo Cinematográfico Marvel.

Os fãs dos filmes Marvel conhecem Carol Danvers apenas como a misteriosa pessoa que Nick Fury chamou (Samuel L. Jackson) na última cena de Vingadores, e ela aparecerá em Vingadores 4, presumivelmente para ajudar a derrotar Thanos . Mas antes disso, ela tem sua própria história para contar – e a EW tem todas as informações exclusivas em seu próximo filme solo.

Quando Capitã Marvel chegar aos cinemas em 8 de março de 2019, será a 21ª estreia no MCU – e a primeira a ser estrela de uma super-heroína solo. Na última década, o MCU montou uma linha diversificada de heróis femininos, de bruxas e guerreiras a viúvas e vespas. Mas nunca antes uma mulher encabeçou sua própria história – até Capitã Marvel, uma parte-Kree, piloto parcialmente humana que fez sua estréia nos quadrinhos em 1968.

“Ela não pode evitar de ser ela mesma.” diz Brie à EW. “Ela pode ser agressiva, temperamental, e um pouco invasiva e desafiadora. Ela também é rápida, o que a faz ser incrível nas batalhas, porque ela é a primeira a sair e nem sempre espera receber ordens, mas não esperar ordens para alguns, é uma falha de caráter.”

Dirigido por Anna Boden e Ryan Fleck, Capitã Marvel evita o modelo tradicional de história de origem, e começa quando, Carol já tem seus poderes. Ela deixou sua vida terrena para trás e se juntou a uma equipe militar chamada Starforce, liderada pelo comandante enigmático interpretado pelo ator Jude Law.

Mas em pouco tempo, Carol se encontra devolta à Terra com novas perguntas sobre seu passado. Ela tem um inimigo formidável na forma de Skrulls – os notórios vilões da Marvel tornam-se ainda mais perigosos por suas habilidades de mudança de forma. Ben Mendelsohn interpretá Talos, responsável por liderá uma invasão Skrull a Terra.

Skrulls são os vilões do filme e Talos, um Skrull mutante que, nos quadrinhos, nasceu sem habilidades de metamorfose comuns à sua raça. Porém, ganhou uma super-força, devido sua mutação (lembre-se: ele é um skrull mutante). Durante a Guerra Kree-Skrull, foi capturado pelos Kree e se recusou a cometer suicídio, assim, desonrando sua espécie e se tornando um propício alvo para eles.

Falando da Terra, Capitã Marvel acontece em meados dos anos 90, muito antes de Steve Rogers ser descongelado ou Tony Stark construiu seu primeiro traje. Isso permite que o filme introduza uma versão mais jovem de rostos familiares da Marvel – como Nick Fury, de Jackson, que ainda é um peixe pequeno na S.H.I.E.L.D. – bem como deixar Carol esculpir seu próprio espaço, único no MCU.

“Ela não é um super-herói que é perfeito ou de outro mundo ou tem alguma conexão divina”, diz Boden, que é o primeira diretora do MCU. “Mas o que a torna especial é o quão humana ela é. Ela é engraçada, mas nem sempre conta boas piadas. E ela pode ser teimosa e imprudente e nem sempre toma as decisões perfeitas para si mesma. Mas no fundo ela tem tanto coração e muita humanidade – e toda a sua bagunça “.

 

Fonte: EW.com