A edição de abril da revista SFX trouxe uma matéria sobre a nova adaptação de King Kong, o longa Kong: A Ilha da Caveira com um entrevista com o diretor do filme, Brie Larson, Samuel L. Jackson & Tom Hiddleston. Nós separamos um trecho onde o diretor fala sobre o relacionamento dos personagens de Brie e Tom Hiddleston e também uma pequena entrevista de Brie para revista. Confira abaixo:

“Ela não está com medo de fazer parte dessa missão”
Brie Larson sobre Mason Weaver

 

Sua personagem é fotógrafa de guerra…
Ela está muito dentro dele e na linha de frente. Ela está em todas para obter fotos, e se auto-descreve como uma fotógrafa “anti-guerra”. Ela se interessa em contar a verdade e é por isso esta missão é tão importante para ela; porque ela não tem medo de ser parte dessa missão. Todo personagem, neste filme, vai para esta missão em busca de honra, esperando ser notado, ter seu momento. Então, até que não estão realmente na ilha que eles reconhecem  “Ah, na verdade não há nada para se honrar nesse lugar. Estamos na natureza. Existe apenas sobrevivência. Não há nada além disso aqui.”

Ela sofre mudanças pelo o que vê na Ilha da Caveira?
Ela aprende muito sobre o que significa ser uma heroína, o que se significa ser uma jornalista. Onde nós é o nosso limite? É uma pergunta realmente interessante agora, em um mundo onde há tanta informação acontecendo. Isso coloca essas questões de quando é que isso é suficiente ou quando nós podemos apenas deixar ser. Por que isso não pode ser mais explorado?  O que isso prova?

Como é estrelar diante de Kong?
Eu realmente amo Kong demais. Eu amo sua gentileza e sua expressão e paixão,  que de fato ele é um personagem muito gentil, a menos que seja provocado,  o que é uma coisa bonita. Não é como estamos lidando com quem esse monstro gigante de terror é. Ele realmente é um bom rei. Apenas não arrume confusão com ele.

SOBRE MULHERES FORTES

Como exempelo, Vogt-Roberts nos conta que a heroína de Kong: A Ilha da Caveira não irá ecoar gritos como sua antecessora Fay Wray. “Eu acho que as pessoas ficarão impressionadas com a falta de tropes que Tom e Brie podem cair. Ela não é uma donzela em perigo. Ela é não necessariamente a Bela para a Fera. Tem elementos disso dentro do filme, mas não é essa a história que estamos contando. Eles tem uma trajetória juntos e as pessoas vão se impressionar com o que é e com o que não é”. “Mas,” ele ri, “vão ficar muito felizes que Brie, em particular, não precisará constantemente ficar sendo salva.”

 BRIEBR003.jpg BRIEBR004.jpg BRIEBR008.jpg

Revistas • Magazine & Scans > 2017 > SFX [April 2017]